Páginas

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

RESENHA | NÃO ME ABANDONE JAMAIS


Autor: Kazuo Ishiguro
Editora: Companhia das Letras
Gênero: Ficção Cientifica
Ano da edição: 2016
Páginas: 344


Crianças costumam ser levadas a acreditar que são especiais. Mas os alunos de Hailsham, internato inglês, são tão especiais que vivem encobertos em mistérios. De onde vêm? Para onde vão? Assim como essas crianças, que têm de descobrir por conta própria  que há de estranho em suas vidas, o leitor juntará as pistas que vão sendo deixadas ao longo da narrativa. Não Me Abandone Jamais é uma obra-prima de atmosfera e alusões.



A leitura desse livro foi feita faz tempo, mais precisamente ano passado (2017). Como fiquei afastada do blog por estar bem desmotivada acabei não resenhando na época.

Bom, já vi algumas resenhas desse livro pelo youtube, já conversei com amigas que também leram, para conhecer melhor outros pontos de vista e saber se alguém notou algo que passou despercebido por mim. Costumo fazer isso.

A narrativa de Não Me Abandone Jamais é em primeira pessoa. Kathy está prestes a dá um importante passo em sua vida e nas vésperas desse acontecimento ela começa a relatar sua história e a de seus dois melhores amigos (Tommy e Ruth) no internato de Hailsham.

Hailsham é um internato muito misterioso. Lá vivem meninas e meninos. A princípio percebemos que essas crianças passam da infância a adolescência sem qualquer contato com o mundo exterior.

Os internos têm de tudo. Ficam em dormitórios de acordo com a idade, estudam já que também tem salas de aula por lá e são muito incentivados a desenvolver seus talentos na arte, seja com poesia, pintura, esculturas. 



Não se sabe quem são os pais das crianças, como foram parar lá, o motivo delas estarem nesse internato, enfim. Os únicos responsáveis pelos internos são os chamados de Guardiões, pessoas que comandam, organizam e cuidam das crianças e do internato.

Com o tempo o leitor vai descobrindo os mistérios que rondam Hailsham e a própria existência de todos que vivem por lá. Também podemos entender o porque do livro se chamar assim, já que durante a leitura somos apresentados a teorias que podem explicar.

Diferente de algumas pessoas que já leram, eu não gostei dessa leitura. Achei ela muito chata e cansativa. A Kathy é muito songamonga e o Tommy muito sem sal. A melhorzinha é a Ruth por não ser tão apagada e insossa como os outros.

Já assisti ao filme e achei mais ou menos, melhor do que o livro pois não enrola tanto quanto. Mas ambos passam a mesma mensagem: mostra o triângulo amoroso, fala sobre perdas, solidão, frustrações e a péssima sensação de que o tempo está acabando e a gente não viveu e nem fez nada de útil.

Depois de um tempo eu lerei novamente e quem sabe minha opinião mude, mas agora eu não acho que seja um livro muito bom.



Se já leu, me conta ai nos comentários o que achou e se tiver alguma indicação de leitura, fique a vontade.


Já conhecem o Orelha de Livro? Não? Clica Aqui!!!


Até a próxima,
Suh.

4 comentários:

  1. Oie!
    Poxa! Que pena que a sua experiência de leitura não foi legal. Eu estou particularmente ansiosa pela leitura desse livro, porque diferente de você eu gostei bastante do filme (na época que assisti não fazia ideia que era uma adaptação).
    Mas tem disso mesmo... muitas vezes não estamos no clima ou simplesmente a narrativa não nos encanta.
    Beijos!
    http://www.numrelicario.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é!!! Por isso vou dar um tempo e depois eu leio novamente, pode ser que minha opinião mude. Espero que sua experiência com o livro seja boa tanto quanto foi com o filme.

      Excluir
  2. Que pena que não gostou. Gostei muito de Não Me Abandone Jamais. Antes de ler o livro, me encantei pelo filme. Talvez isso tenha influenciado muito como me sinto em relação à leitura.
    Abraços
    Blog do Ben Oliveira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Interessante! Também assiste ao filme e achei melhor que o livro. Mas enfim, pode ser que minhas impressões mude na próxima vez que eu lê-lo.

      Excluir

Gostou? Então participa comentando abaixo ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...