Páginas

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

RESENHA | QUERO SER BELO


Autor: Tânia Alexandre Martinelli
Editora: Saraiva
Gênero: Infanto-juvenil
Ano: 2003
Páginas: 167


Priscila é uma garota descolada, uma verdadeira gata. André é um cara saudável, bonito e bem-disposto. Obcecados pela beleza física, pelo corpo perfeito, eles estão seguindo um desvio em seu caminho natural; um desvio que pode não ter retorno. Clara tinha prioridades em sua vida diferentes das de Priscila e André, que buscavam a perfeição física acima de tudo. O que faz o padrão de beleza mudar de tempos em tempos? O que faz uma pessoa gostar ou não do corpo que tem? A resposta não pode deixar de ser: a moda. Hoje a moda chegou a um patamar perigoso: a moda de ser, a todo custo e independente de seu biótipo, esbelto. Magro. Magérrimo. Só se alimentar de produtos diet e light, ficar a todo momento checando a balança, malhando a qualquer hora. Por quê? A resposta ainda é a mesma: a moda.



Um livro curtinho e aparentemente muito bobinho. Foi meu paradidático na época do colegial e resolvi reler. Lembrei o porquê de ter gostado tanto da história.

Lendo a sinopse acima já se sabe do que o livro fala. Pois bem, abordando toda a influência da mídia e da sociedade em cima dos adolescentes, a trama vai contar a história de Priscila e André que lutam para conseguir alcançar o corpo perfeito.

Como de costume, já é bem clichê mas é a realidade, Priscila e Andre já são bonitos por natureza, mas ao se olharem no espelho eles não conseguem enxergar a beleza que carregam. Sabe a famosa frase "O pior cego é aquele que não que ver"? Pois bem, é praticamente isso.

Priscila é apaixonada por Eduardo, Edu para os íntimos. Os dois já ficaram. Ela nutre um desejo de ser sua namorada e acredita fielmente que só vai conseguir conquistar o amor do boy se ficar magra que nem uma modelo que ela gosta bastante. 



Para piorar, entra uma garota nova na escola onde os personagens já citados acima estudam. O nome dela é Clara e é totalmente bem resolvida com sua forma física. Ela, com 15 anos, tem cabelos loiros, levemente ondulados, o rosto redondo e olhos verde-acinzentados. Não se preocupava em ter o corpo perfeito e adorava a natureza.

Edu começou a se aproximar de Clara por achar ela interessante, boa de papo e nada forçada. Priscila, morrendo de ciumes, começou a absorver que precisava emagrecer a todo custo para conseguir conquistar seu amado. Fazendo uma dieta nada saudável, escondido da mãe e sem acompanhamento médico, ela vai descobrindo que a busca pelo corpo perfeito pode custar muito caro.

Já André, rato de academia, sonha em ser maromba. Quer ter o corpo bem definido e musculoso. Vai para a academia sempre, mas o resultado demora para aparecer (ou ele é ansioso demais e não dá tempo ao tempo). Andando com más influências ele também vai descobrir que essa busca pelo corpo perfeito é furada.

É uma leitura rápida, agradável e ótimo para os jovens que estão entrando na fase da adolescência e começam a criar neuras, sendo alvos fáceis desse tipo de armadilha da beleza.


Já conhecem o Orelha de Livro? Não? Clica Aqui!!!


Até a próxima,
Suh.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Então participa comentando abaixo ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...