Páginas

segunda-feira, 11 de julho de 2016

SÉRIE | AMERICAN HORROR STORY | ASYLUM



Assim como a primeira temporada de AHS, Murder House, essa história também é bem tensa. Assisti essa segunda temporada duas vezes para poder pegar mais informações e conseguir fazer a resenha dela aqui.

Atualmente American Horror Story tem cinco (05) temporadas completas e no dia 14.09.2016 vai estrear a sexta (06) temporada. Ainda não sei qual será o tema desta temporada.

É bom eu lembrar que cada temporada apresenta uma história diferente. A série é de terror/suspense/horror e esses gêneros estão presentes em todas as temporadas, porém o enredo muda. O elenco geralmente é o mesmo, pois nem todos estão presentes. Por exemplo, nessa segunda temporada somente três atores da primeira participaram, o resto eram novos, mas isso, na minha opinião, não influencia no sucesso porque todos os elencos são maravilhosos.

Esta temporada em questão é a segunda e se chama Asylum. 99% da história se passa dentro de Briarcliff que em 1908 foi o maior sanatório para tuberculosos da costa leste dos Estados Unidos.



Segundo a história contada no inicio da temporada, em 1962 a Igreja Católica comprou o sanatório e fez um manicômio para criminosos com insanidade. Essas pessoas taxadas como loucas iam pra lá por conta própria, levadas pela família ou por determinação judicial.

Na época que era um sanatório para tuberculosos o médico que administrava o local era o Doutor Arthur Arden. Depois que a Igreja tomou posses do lugar, quem passa a administrar é o Monsenhor Timothy com a ajuda do Dr. Arden e da irmã Jude. Todos em Briarcliff tem uma história cheia de segredos e alguns bem cabulosos.

O Dr. Arden é um médico muito bom, porém ele adora experiências. Na época do sanatório ele já fazia experimentos para tentar criar um medicamento muito potente que tivesse um efeito positivo sobre doenças graves. Com o alvará do Monsenhor ele passou a fazer seus testes em humanos e suas cobaias eram os presos do manicômio.

A irmã Jude que ajuda o Monsenhor na administração de Briarcliff é uma mulher cheia de segredos e que vive atormentada por eles. Ela virou freira por acaso e tem um lado bem carrasco. Toca sempre o terror nos pacientes e os entope de remédios e castigos horríveis.

Ela é a responsável por internar Lana Winters. Esta é somente uma repórter que sonha em ganhar prêmios com suas reportagens. Resolve investigar Briarcliff e quer mostrar para o mundo o que aquele lugar tem de assustador e cruel. Claro que os responsáveis pelo lugar (a irmã, o Monsenhor e o Dr.) não gostaram de saber nadinha disso e logo a Jude tratou de internar Lana.

A pobre da Lana sofre pra caralho nas mãos da irmã e do Dr Arden. Ao invés disso a calar, faz ela criar mais forças para derrubar a lugar. Começa a fazer amigos e bolar um plano para fugir dali.



Junto a isso, um dos assassinos mais procurados dos EUA, o serial killer Bloody Face, adentra no manicômio e Lana fica logo de olho nele. Como parece que aquele lugar é capaz de coisas bem bizarras, Kit Walker (Bloody Face) passa a ser amigo da repórter e assim ela começa a descobrir que nem tudo o que parece é. Eu fiquei bem passada com as coisas que a série foi revelando porque ela consegue enganar o telespectador direitinho.

Bom, criando forças dentro de Briarcliff, Lanna, Kit e Grace, começam a se articular para fugir daquele inferno e jogar para o mundo o que acontece naquele lugar e com os pacientes. Claro que muita coisa da errado, acontecimentos fazem você morrer de raiva de um personagem que estava gostando e depois outro faz você voltar a gostar. Outros personagens realmente não tem escapatória por serem FDP mesmo, enfim.

Essa temporada é muito boa também, mas prefiro a Murder House. Asylum fala sobre assassinatos, serial Killers, intolerância, preconceito, exorcismo, jogo de poderes, arrependimentos, vidas. Mesmo não sendo minha preferida eu recomendo que assistam.

Asylum tem 13 episódios com duração de 45 minutos e são exibidos pela emissora FX. Disponível na Netflix. Seu gênero é drama, fantasia e suspense. 

P.S.: Tem a participação especial da maravilha criada por Deus e chamada de Adam Levine (vocalista da banda Maroon 5). \o/
P.S¹.: Eu amo os posters dessa série porque são todos maravilhosos.


Trailer







Até a próxima,
Suh.


2 comentários:

Gostou? Então participa comentando abaixo ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...