Páginas

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

FILME | MARLEY E EU


Título Original: Marley and Me
Gênero: Comédia; Drama; Família; Romance
Direção: David Frankel
País de Origem: EUA
115 minutos


John (Owen Wilson) e Jennifer Grogan (Jennifer Aniston) casaram-se recentemente e decidiram começar uma nova vida em West Palm Beach, na Flórida. Lá eles trabalham em jornais concorrentes, compram um imóvel e enfrentam os desafios de uma vida em conjunto. Indeciso sobre sua capacidade em ser pai, John busca o conselho de seu colega Sebastian (Eric Dane), que sugere que compre um cachorro para a esposa. John aceita a sugestão e adota Marley, um labrador de 5 kg que logo se transforma em um grande cachorro de 45 kg, o que torna a casa deles um caos.



Mais uma dica de filme e esse eu revi ontem pela quinta vez. Sério, ainda estou esperando o dia em que irei assistir Marley e Eu sem chorar no final.

Acredito que esse dia não chegará pois filmes de drama que envolvem cachorros sempre me deixam emocionada - mas quem não fica né?

Bom, o filme é um adaptação literária do livro de mesmo nome cujo autor se chama John Grogan. Isso mesmo meus amores, John Grogan, autor do livro e personagem em ambos - filme e livro.

Nossa!! Coincidência ou homenagem? Nem um, nem outro.

A questão é que o livro é uma biografia e conta a real história da família Grogan e sua experiência com o Marley, o pior cão do mundo.

Ainda não li o livro mas já está na minha lista de leitura do Skoob!

John e Jenny se casaram recentemente e estão no momento de aproveitar a vidinha de marido e mulher. Resolvem se mudar para Flórida e John, até então desempregado, consegue um emprego no jornal concorrente ao de sua esposa, mas isso não é problema. 

John é jornalista e fica cobrindo alguns acontecimentos pelas redondezas, enquanto que seu melhor amigo viaja o mundo todo cobrindo as mais diversas notícias.

Chega um dia que o chefe de Grogan precisa de um favor e o coloca como colunista enquanto não arranja outro para essa vaga.

Já na sua primeira coluna John empaca e Jenny, mesmo sem ter nada a ver com o momento, solta uma frase simples e inocente mas que perturba todos os homens casados..

"Como posso cuidar de um filho se nem consigo cuidar de uma planta?"

Siim, essa é a famosa frase e como não poderia ser diferente, John fica se perguntando se realmente sua mulher pensa em ser mãe agora.

Resolve logo falar com seu melhor amigo - ainda não citei o nome desse amigo porque esqueci kkk - e ele diz que Jenny precisa se ocupar, ter algo para cuidar, ser responsável. É ai que ele diz que John precisa comprar algum animal de estimação para sua esposa cuidar.

John acha a ideia muito boa e um mês antes do aniversário de sua amada, a leva para uma especie de fazendo onde um monte de filhotes da raça labrador (se eu não me engano) esperam para serem adotados.

De todos os cãozinhos que estavam lá, Marley quase que foi entregue de graça. A moça disse que o casal Grogan poderia levá-lo por um preço mais baixo do que o dos outros filhotes e Jenny logo se apega ao cãozinho e o chama de filhote de liquidação.

Nas primeiras horas em que Marley fica sozinho em casa, ele destrói a garage inteira. Sério, é muita bagunça e destruição para um filhotinho tão pequeno e fofo daqueles.

Com o tempo, Marley começa a aumentar muito o peso - ele não para de comer, é um esfomeado kkk - e logo chega aos 45kg se eu não me engano.

A questão é: se o peso fosse o único problema, as coisas poderiam se resolver muito mais fácil, mas o peso aumenta e a desobediência junto com a mania de bagunça e morder tudo que vê, também.

Quando Jenny consegue engravidar, as coisas começam a piorar porque as responsabilidades aumentam junto.

É a correria do dia-a-dia, os problemas com o trabalho de ambos, o filho pra cuidar e o Marley que precisa ser vigiado porque senão ele destrói tudo.

Quando eles pensam que podem dá um respirada, as coisas apertam mais com a chegada do segundo filho e Jenny já começa a ficar altamente estressada e Marley ainda incorrigível.

Mesmo com tantos problemas e responsabilidades, Marley também faz parte da família e os Grogan não podem simplesmente esquecer disso e jogá-lo na rua.

O pior cachorro do mundo continua ao lado dos donos em todas os momentos, em todas as fases e mostra que talvez não seja tão ruim assim.

Dizem que quando estavam com problemas, passando por dificuldades, é que conhecemos os verdadeiros amigos. Pois bem, diante de certos apertos da vida, Marley foi promovido de pior cão do mundo para melhor companheiro.

Enfim, um filme não nos mostra só a vida de um jovem casal que juntos começam a perceber que nem tudo são flores, mas como um animal de estimação, por mais 'horrível' que ele seja, pode ser o único amigo que estará com você até o fim.



Até a próxima,
Suh.


4 comentários:

  1. Esse filme é tudo de bom . Pode passar por várias vezes , sempre que der vou estar lá assistindo !!
    Parabéns pelo blog , ja estou te seguindo !!!!
    MODAMORENAFLOR2014.BLOGSPOT.COM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é tudo de bom mesmo viu kkkkk.. Sempre assisto tbm e sempre choro *-*
      Obrigada, que bom que gostou!!

      Excluir
  2. Morri de chorar com esse filme, é uma história muito linda :'(
    Um dia que eu tava vendo o Animal planet mostrou a família verdadeira do Marley. Eles tem outro cachorro que é pior do que ele, mata até os pintinhos kkkk

    |A Beautiful Lie|

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awwwn, queria ter visto também *-*
      Realmente é uma história emocionante.

      Excluir

Gostou? Então participa comentando abaixo ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...