Páginas

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

VOCÊ VIU? #7 | BACTÉRIA RADIOATIVA ATACA O CANCÊR


Olá leitores, tudo bem?
Bom, como vocês já devem ter percebido lendo os posts "Você Viu?", eu coloco de tudo que vejo pela internet ou em revistas aqui pra vocês. Tá, nem tudo, claro hehehe.
De tanto eu ler o site da revista Super Interessante fiz logo uma assinatura pra mim, assim, eu não ficava dependendo somente da internet.
Logo no começo uma matéria - de mesmo nome do post - me chamou atenção. Sabe-se que o câncer é uma praga na vida de quem desenvolve a doença.  A pessoa sofre muito, seja por causa do tratamento a base de coquetéis de remédios fortíssimos, seja pela pressão psicológica já que individuo começa a pensar que mesmo depois do cruel tratamento e da cirurgia - descobri logo e cuidar para impedir uma metástase é importantíssimo - há riscos da doença voltar.
Existem milhares de tipos de câncer. O mais comum é o de pulmão - o índice de mortes por causa do uso de cigarro é alarmante. Dentre os piores podemos citar também o câncer de pâncreas. 
Graças aos estudos e a força de vontade dos cientistas, a ciência está avançando de tal maneira que daqui a pouco o número de mortes causadas por doenças como câncer e HIV (cenas dos próximos capítulos hehe) irão diminuir bastante. Isso sem dúvidas é muito bom.
 Duas pesquisadoras de uma faculdade de Nova York criaram uma bactéria radioativa que é capaz de se infiltrar nas células cancerosas de todo o corpo e destruí-las o.o  De primeira, esse procedimento parece ser um tanto perigoso se pararmos para pensar que consiste em injetar um micro-organismo radioativo na corrente sanguínea do individuo doente. Pois é, porém, foram feitos testes em laboratória (com os pobres ratinhos) e o resultado não poderia ser melhor.
As cientistas modificaram a bactéria Listeria Monocytogenes que causa intoxicação alimentar. Criaram uma versão mais enfraquecida e juntaram a ela um anticorpo produzido em laboratório (que continha o elemento radioativo chamado Rênio - 188), depois injetaram essa combinação no sangue de ratos com câncer de pâncreas. Resultado? A bactéria levou o Rênio - 188 até as células cancerosas fazendo o tumor principal encolher cerca de 60% e as metástases reduzir em mais de 90%.
Quando li isso pensei logo: gente, estão colocando material radioativo no sangue do ratinho, e os efeitos colaterais?? Pois é, logo depois tinha explicando que não houve efeitos colaterais porque a bactéria era fraca e agiu somente nas células doentes.
A pesquisa ainda não acabou. As cientistas querem começar os testes clínicos e até 2015, se o governo dos EUA autorizar, elas começam.
Bom, eu achei uma ótima noticia. Saber que a cada dia temos mais chances de driblar essas doenças é uma grande vitória. Espero que tenham gostado.

Fonte: Revista Super Interessante

Suh.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Então participa comentando abaixo ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...